Momento histórico para a África: a pólio foi oficialmente erradicada

O poliovírus selvagem, mais conhecido como poliomielite, foi oficialmente declarado “erradicado” do continente africano pela Organização Mundial da Saúde na terça-feira, após quatro anos consecutivos sem nenhum caso relatado e esforços maciços para imunizar crianças.

“Hoje, os membros da Comissão de Certificação para a Região de África (ARCC) – o organismo de certificação da OMS – declaram que a transmissão do poliovírus selvagem foi interrompida” em África, disse a sua presidente, Rose Leke, durante evento organizado por videoconferência.

“Este é um momento histórico para a África”, disse o Diretor da OMS para a África, Matshidiso Moeti. “A partir de agora, as crianças nascidas neste continente não terão que se preocupar em estar infectadas com poliomielite.”

O anúncio também reuniu por videoconferência o Diretor-Geral da OMS, o etíope Tedros Adhanom Ghebreyesus ou os bilionários e filantropos nigerianos Aliko Dangote e o americano Bill Gates.

Em 1988, a OMS contabilizou 350.000 casos em todo o mundo e mais de 70.000 casos somente na África em 1996.

Mas, graças a uma rara consciência coletiva e a esforços financeiros significativos (19 bilhões de dólares em 30 anos), apenas dois países no mundo hoje têm contaminações por poliovírus selvagem: Afeganistão (29 casos em 2020 ) e Paquistão (58 casos).

Hoje, estima-se que apenas 30 mil crianças ainda estão “inacessíveis”: um número “muito baixo” para garantir a transmissão epidêmica, segundo especialistas científicos.

Fonte: “MetroTimeBelgica”

Close Bitnami banner
Bitnami